Is this site a blessing to you?



Resultados

Nós precisamos do encorajamento de Deus em tempos de desânimo

Hebreus 10.23-35 – Todo o povo de Deus precisa de encorajamento!

1. Isaque precisou de encorajamento:  “Eu te abençoarei no país da fome! 
 
O SENHOR apareceu a Isaque e disse: “Não desças ao Egipto; procura estabelecer-te na terra que eu te indicar.   Permanece nesta terra mais um pouco, eu estarei contigo e te abençoarei.   Porque a ti e aos teus descendentes darei toda esta terra e confirmarei o juramento que fiz a teu pai, Abraão. (Génesis 26, 2-3).

(Génesis 26, 12-13).

Quando Isaque enfrentou a crise da fome no país onde ele estava a viver, Deus disse-lhe que não fosse ao Egipto, mas que permanecesse onde ele estava.   Deus prometeu a Isaque que o abençoaria naquele país.  E Deus prosperou tanto a Isaque, que quando ele semeou naquele país, ele recebeu uma colheita de cem por um.  Isaque continuou a engrandecer-se e prosperou até que se tornou muito rico.

Da mesma forma Deus pode abençoar-te naquelas áreas onde enfrentas lutas, deficiências e mágoa. Nós podemos ser tentados a fugir de situações onde enfrentamos dor e ameaças.

Deus promete demonstrar o Seu imenso poder em nosso favor, e prosperar-nos naquele mesmo lugar onde nós enfrentamos as nossas deficiências e ameaças.

2. Raquel: “... e Deus lembrou-Se de Raquel!”

E Deus lembrou-Se de Raquel, Deus ouviu o seu clamor e a tornou fértil. (Gênesis 30.22)

Raquel foi estéril por um longo período de tempo e parecia como se Deus Se tivesse esquecido dela.  Todas as outras estavam a ter filhos, um atrás do outro. Parecia que a Raquel tinha sido a única a não receber as bênçãos de Deus. Assim sendo, quando parecia que Deus Se tivesse esquecido dela, as Escrituras dizem que “o Senhor lembrou-se de Raquel!”. Raquel não estava esquecida!   Deus lembrou-Se dela e ouviu o seu choro. Ele retirou a sua desgraça e lhe deu um filho. Ela chamou-lhe José. O filho de Raquel, chamado José, foi colocado em alta posição sobre todos os outros filhos. De todos, José teve o futuro mais brilhante e tornou-se o Primeiro-ministro do Egipto. Embora Raquel tivesse que esperar um longo tempo pela sua bênção, quando ela veio, era uma bênção invulgar mais extraordinária que todas as outras.

Às vezes, na nossa vida, parece que Deus Se esqueceu de nós e que todas as outras pessoas estão a receber bênçãos após bençãos.   Deus que lembrou-Se de Raquel, certamente lembrar-Se-á de nós e dar-nos-á uma benção, a qual será muito especial e valerá bem a pena a espera e a demora.
 
Não nos devemos desencorajar, mas olhar em frente com esperança e confiança, para a benção especial que Deus tem preparada para nós.

3. Jacó: “Eu tenho visto tudo o que Labão te fez.”

... Porque tenho visto tudo o que Labão te fez.  (Gênesis 31.12)


Gênesis 31.12, 6, 7, 41

Depois de Jacó ter sido explorado por Labão longo de vinte anos, Deus disse-lhe que deixasse Labão e regressasse a casa de seu pai.   Ele disse a Jacó: “Tenho visto tudo o que Labão te fez.”  O Senhor livrou Jacó de Labão.   Embora Jacó tivesse sido explorado e enganado por Labão por um longo período de tempo, isto não era desconhecido pelo Senhor.   Deus estava a observar toda a injustiça e opressão que estava imposta sobre Jacó, e chegou o tempo em que o Senhor interveio e o livrou.

Deus conhece tudo o que estamos a passar na nossa vida; cada dor e agonia que nós estamos a experimentar, Ele sabe.   Nós não nos devemos desencorajar pensando que Deus não conhece todos os sofrimentos que atravessamos.

Deus conhece cada injustiça e mal-trato que nós enfrentamos e Ele intervirá e nos livrará da mão do opressor e dos malvados.

4.Elias:  ’Ainda tens um longo caminho a percorrer.’

Então ele entrou sozinho no deserto, caminhando todo o dia.   Sentou-se junto a um pé de giesta e orou, pedindo a morte: “Já tive o suficiente, SENHOR. Tira a minha vida; não sou melhor do que os meus antepassados...”   Então o anjo do SENHOR voltou, tocou nele e disse, ‘ Levanta-te e come, pois a tua viagem será muito longa.’  (1 Reis 19.4-7)

1 Reis 19. 1-7, 15-16,  2 Reis 2.1-11
Quando a vida de Elias estava em perigo por causa de Jezabel, ele ficou desanimado e orou pedindo a morte.  Ele disse a Deus ‘já chega, deixa-me morrer”.   Ele sentia que era melhor morrer do que viver.  Ele não via nenhum propósito para a sua vida.   Ele não compreendia que Deus ainda tinha trabalho para que ele fazer.   Deus enviou o Seu anjo e o fortaleceu.   Ele disse-lhe que ainda tinha um longo caminho a percorrer.   Ainda havia várias tarefas que Deus  tinha para ele realizar.   Ele tinha que ungir reis para duas nações e também ungir seu sucessor Eliseu.  Além disso, era o plano de Deus para Elias que ele não visse a morte e que ele devesse ser levado vivo aos céus numa carruagem de fogo.   Elias neste seu estado de desânimo, não compreendia o plano maravilhoso que Deus tinha para a sua vida.   Pelo contrário, ele orou pedindo para morrer.   Mas Deus o encorajou e o ajudou a cumprir o seu propósito de vida e vocação.

Na nossa vida, de tempos em tempos, nós desanimamos devido aos fardos pesados e oramos a Deus que nos leve como se nós tivéssemos o suficiente deste mundo.   Nós não compreendemos que ainda temos um longo caminho a percorrer e que Deus ainda tem muito trabalho para nós fazermos.

Deus deseja encorajar-nos a continuar e completar todas as obras que Ele tem designado para cumprirmos no Seu Reino.

James N. Spurgeon escreveu:

Um trabalho à sua escolha; há um ministério na chamada de Cristo. Num trabalho que espera receber; num ministério que espera dar. Num emprego você dá alguma coisa para conseguir outra; num ministério você devolve algo que já lhe tinha sido dado a. Um emprego depende de tuas habilidades; um ministério depende da tua disponibilidade para Deus. Um trabalho bem feito te traz louvor; um ministério bem feito traz honra a Cristo.  

Este ministério existe para trazer honra ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

Você pode copiar e usar o material deste site desde que mencione o nosso ministério ao Pai e que não altere o seu conteúdo. Você também está convidado a contar aos que o escutam ou lêem, onde conseguiu este material: www.proword.eu, que é Proclamando a Palavra! (Ministério Internacional de Ensino Bíblico da APEC)